segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Meu livro de Cordel

Olá Caros Viajantes!
Esta leitura fez parte do Projeto 'Tem que Ler Mesmo?'  - Literatura de Cordel -
O que dizer desta autora que, com maestria vai contando os causos e na simplicidade nos cerca de doces poesias. Assim foi ler  este livro...
arquivo pessoal

Sinopse:
'Meu livro de cordel' traduz a ligação obstinada e profunda de Cora Coralina com os anônimos poetas nordestinos. A literatura de cordel, enquanto gênero literário, é trabalhada neste livro em 43 poemas. Cora Coralina homenageia os menestréis nordestinos, que para ela são 'irmãos do nordeste rude'. Com a simplicidade e a sabedoria de quem teve como grande mestra a própria vida, o que, em suas palavras, justifica a autenticidade de sua poesia arrancada aos pedaços do fundo de sua sensibilidade. Aqui ela apresenta-nos a alma dos rios, das pedras, dos gestos exaustos das lavadeiras; a simplicidade da vida, do amor e da morte. Cora revela sua profunda compreensão dos seres humanos, desde os atos mais rotineiros até os atos de heroísmo, nos versos do Meu Livro de Cordel.

**********

Das Pedras

Ajuntei todas as pedras
que vieram sobre mim.
Levantei uma escada muito alta
e no alto subi.
Teci um tapete floreado
e no sonho me perdi.

Uma estrada,
um leito,
uma casa,
um companheiro,
Tudo pedra.

Entre pedras
cresceu a minha poesia.
Minha vida...
Quebrando pedras
e plantando flores.

Entre pedras que me esmagavam
Levantei a pedra rude
dos meus versos.

Boas leituras!
By Nice Sestari


Veja também: Aninha e suas pedras
                          Cora Coralina

Nenhum comentário:

Postar um comentário