terça-feira, 28 de julho de 2015

Romance de banca - Projeto Leitura Mágica 2015

Por trás daquele beijo - Candace McCarthy
(Júlia histórico - 1602) 





A bela professora Marjorie Wolcott, faz uma promessa que poderá custar sua honra.

Consumido de raiva e frustração, Geoffrey Wilkins, comete uma injustiça e sua "amada" Marjorie é condenada e se torna uma foragida.

No Outono de 1874 , Virgínia - Comarca de Prestou - o povoado só havia um assunto, a chegada da nova professora. Gabriel Severn, não cabia de tanta alegria, iria aprender a ler e escrever, já seu pai Jonathan Severn, não pensava a mesma coisa. Viúvo, cuidava sozinho do filho e de sua fazenda. E pra ele 'A sobrevivência não é ensinada numa sala de aula.'
Marjorie estava feliz e ao mesmo tempo ainda tinha medo que alguém descobrisse seu segredo, em uma nova cidade, perto de seus tios, gostaria de esquecer seu passado e seguir enfrente.

Como toda cidade pequena, nada passa desapercebido, em um mal entendido Marjorie e Jonathan se conhecem. Ele um grosseiro, ela uma arrogante. E as fofocas rolam soltas, as fuxiqueiras de plantão tinham assunto pra mais de tempo.

Seu novo lar é construído pertinho da escola; a professora Marjorie está feliz, seus alunos amam a escola e sua mestra.

Só que nem tudo são flores. A estação muda, tempo de muita chuva, frio e neve. Devido as fortes tempestades, o rio transborda e todo o povoado se refugia nas colinas.

No caminho para se proteger Marjorie se depara com uma situação de perigo e resolve ajudar uma família que, por causa da inundação, corria perigo. E num ato de heroísmo é admirada por toda a cidade. Mas, isso lhe causaria grandes problemas, já que "Tess Barker, uma aspirante a jornalista, pas­sara a considerá-la uma heroína e estava decidida a publicar um artigo a respeito dela no jornal estadual da Pensilvânia.

Ela não queria chamar atenção, nem cogita­va a ideia de alguém estranho pesquisar seu pas­sado. Tudo o que mais desejava era tranquilidade para viver sua vida, fazer seu trabalho e ensinar às crianças ali em Content. A cada vez que via Marjorie, Tess perguntava sobre sua rotina em Content, seu papel como profes­sora, as razões de ter abandonado Grove Point e vin­do mais para o oeste."


Já ia me esquecendo, no meio de tanto perigo Jonathan, ao ajudar no resgate da família, percebendo que estava sozinho com Marjorie, ele toma coragem e... bom pessoal vou co pilar o que aconteceu...

"Em poucos minutos, ele apareceu diante de Marjorie. Grande, bonito, preocupado e... Molhado da cabeça aos pés.

— Marjorie! — ele repetiu, agora com ternura. Abraçou-a e beijou-lhe os lábios, com vigor e sem pressa. A princípio, chocada, Marjorie sentiu uma onda de calor que derreteu suas reservas. Entregou-se àquele doce ataque aos seus sentidos. Beijou Jonathan de volta, longamente, até ele tomar-lhe o rosto entre as mãos.

— Temi que você estivesse ferida. — Está tudo bem comigo, — Ela se achava um pouco zonza."


Bom, agora poderíamos dizer que se inicia um belo romance, só que não! Jonathan, faz uma promessa que depois da morte de sua esposa, não se apaixonaria novamente e se afasta de Marjorie. Ela sem entender nada acha que ele não a ama.

Em uma carta escrita para Tess Barker, todo o mistério do passado da vida de Marjorie vem a tona e, sem julgamento justo, ela é condenada novamente. Até mesmo por seus parentes.
O amor fala mais alto; a vida de Marjorie muda completamente, a verdade não demora a chegar, o perdão neste caso foi fundamental para que a vida seguisse seu curso.

Foi uma leitura agradável e leve, não sou fã deste tipo de literatura, mas posso dizer que foi bom ler para passar o tempo.





2 comentários:

  1. Romance de banca tem uma linguagem rebuscada não é? Adorei a página!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi não flor, até que a leitura foi tranquilinha, agora, Shakespeare esse foi forte! (rs) Obrigada pelo carinho. bjs.

      Excluir