quinta-feira, 24 de março de 2016

Poesia para aquecer a alma


Olá pessoal!
Uma amiga muito especial, postou está linda poesia no face e pedi para postar aqui no blog. 
Obrigada Ela Cristina pela gentileza e obrigada por ser esta pessoa tão especial!





Escadas, templos, tempos e portas...
chegada
toalha molhada
rostos
frente a frente num olhar pálido
sede
sede na alma que grita,
sussurra, corre absurdamente
verticais
e se não fosse das mais fortes
a própria existência
simplesmente sentindo
possível
no chão tintas, pincéis, coração, tênis, mochilas,
perfumes
verdades que se chocam num delírio profundo de encontro
luz
medo e grito
se nesse grito me abrigo de um pulsar que lança
e lá no fundo queima
sangra
na verdade eu te digo, nunca, nem ninguém conheceu o amor como eu conheci
Que me diz?
acalanto, mar, esperança?
vivo

* Ela Cristina

Um comentário: