sábado, 29 de fevereiro de 2020

#16 Presente Literário

José Holanda Cavalcanti
06/02/1929 

Pernambucano, poeta, tradutor, ensaísta e diplomata, ocupa a cadeira 29 da Academia Brasileira de Letras.

Para saber mais sobre a carreira diplomática, prêmios recebidos e muito mais,  clique no link Academia Brasileira de Letras

Suas obras:
Poesia
Em colaboração: Estação Recife – Coletânea Poética: Antologia de dez poetas pernambucanos, 2003, Fundação de Cultura da Cidade do Recife.

O Mandiocal de Verdes Mãos, 1964, Rio de Janeiro, Editora Tempo Brasileiro, Coleção Tempoesia.

O Elefante de Ludmila, 1965, Moscou, edição privada, mimeografada; texto reproduzido no n° 42/43, de julho/dezembro de 1975, "Poesia Brasileira Hoje", da revista Tempo Brasileiro.

A Palavra, 1965, Moscou, edição privada, mimeografada, texto reproduzido no nº 48, de janeiro/março de 1977, "Literatura Brasileira: Vertentes", da revista Tempo Brasileiro.

Poesia Reunida, 1998, Rio de Janeiro, Fundação Biblioteca Nacional em coedição com Editora Bertrand. (Prêmio Fernando Pessoa 2000, da União Brasileira de Escritores.

Ensaio
O Cântico dos Cânticos – Um Ensaio de Interpretação através de suas Traduções, 2005, São Paulo, EDUSP. Prêmio de Tradução 2006, da Academia Brasileira de Letras.

A Herança de Apolo – Poesia Poeta Poema, 2012, Rio de Janeiro, Editora Civilização Brasileira.

Memórias
Memórias de um Tradutor de Poesia, 2006, Florianópolis, Editora Oficina do Livro.

As Desventuras da Graça, 2010, Rio de Janeiro, Record.

Contos
Os dedos de Norma, 2014, Rio de Janeiro, Editora Record;

Encontro em Ouro Preto – Contos Fantásticos, 2007, Rio de Janeiro, Editora Record.

Traduziu o clássico da poesia italiana escrito por Giuseppe Ungaretti - A Alegria . 








2 comentários:

  1. Olá Nice, td bem?
    Como é importante exaltarmos a literatura numa época em que pouco se valoriza a educação. Parabéns por nos apresentar um pouco mais sobre este grande poeta e escritor.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alécio! Obrigada pela visita! Vamos semeando aqui e ali, assim teremos certeza que alguém pelo caminho verá os frutos! Gratidão Nice.

      Excluir