sexta-feira, 17 de maio de 2019

Machado de Assis - Conto #1

Olá Viajantes Machadianos!

Atenção: Não contém spoiler!


Miss Dollar foi o primeiro conto que lemos para o Projeto Machado de Assis - saiba mais aqui. Esse, e outros contos, estão reunidos em 'Contos Fluminenses' (1870), primeira fase de Machado, o Romantismo, e foi escrito em forma de folhetim.

O autor já nos surpreende desde o título e vai com doses de ironia conversando conosco e nos envolvendo com a personagem da qual achamos ser a principal, Miss Dollar. 

A narrativa se passa no período imperial, nos dando uma ideia da sociedade da época, como seus costumes, qual a importância do casamento se por amor ou status e a questão de ser medido por seu caráter ou pelos bens que possui!


Com personagens imprevisíveis, alguns interesseiros, outros não, deixa muito claro suas intenções, com seus temores e todos com a intenção de serem felizes a sua maneira.

Miss Dollar é cativante, amiga e se torna o cupido para Mendonça e Margarida.

Mendonça um jovem médico, amante de cachorros, tem um caráter nobre, porém um tanto excêntrico, se apaixona de verdade por Margarida.

Margarida uma jovem viúva, um tanto cética, que sofreu nas mãos do seu  falecido marido interesseiro. Sobrinha de Dona Antonia, elas moravam juntas.

Jorge é filho de Dona Antonia, um rapaz simples e amigo de Andrade, que por sua vez é também amigo de Mendonça. Andrade já havia tentado conquistar Margarida, mas não conseguiu e tenta sutilmente desencorajar o amigo Mendonça de conquistá-la.

Assim dizia Mendonça a respeito de Margarida: "Tinha os olhos verdes, duas esmeraldas nadando em leite". Logo nos remeteu a Capitu, com seus olhos de ressaca, do livro Dom Casmurro.

Corre na boca miúda que este conto já foi uma inspiração para a obra acima. Vai saber, né?!

Não colocamos spoiler para que vocês fiquem com vontade de ler este conto maravilhoso.

Este conto e a obra completa  vocês encontram aqui!

Nosso próximo conto será 'Luís Soares', também se encontra nos 'Contos Fluminenses'.

Participe conosco e não esqueça de dar os devido créditos! Até breve!

By Nice Sestari

Nenhum comentário:

Postar um comentário