sábado, 26 de setembro de 2020

O Imperador Amarelo

 Olá, pessoal!! Tudo bem?

Hoje, venho compartilhar com vocês o livro "O Imperador Amarelo: fábulas, lendas e ensinamentos dos antigos mestres chineses", da editora Moderna, escrito por Heloisa Prieto.

Sinopse:

"Quem conhece os outros é inteligente
Quem conhece a si mesmo é iluminado
Quem vence os outros é forte
Quem vence a si mesmo é invencível 

Lao Tsé


Qual o verdadeiro objetivo de um mestre das artes marciais? Derrotar o inimigo? Um monge chinês que dominava esse conhecimento milenar sabia que o maior inimigo não se encontrava nos campos de batalha, mas dentro de si mesmo, e que o importante não era destruir as forças negativas, mas dissolvê-las e transformá-las. 'O caminho das nuvens', 'A dança dos dragões', 'A ponte mal assombrada' são histórias vivas que atravessaram os séculos até chegarem a nossa época. Nelas, destacam-se as jornadas pelo desenvolvimento pessoal e a busca pela sabedoria. Princesas, guerreiros e sábios andarilhos convidam-nos a desvendar os mistérios da natureza e os segredos que nos habitam.

Escrito por Heloisa Prieto a partir da orientação do escritor, pesquisador e psiquiatra Paulo Bloise, 'O Imperador Amarelo' reúne aventuras, magia e sonhos, propiciando ricas descobertas a partir das palavras dos grandes mestres da Antiga China. Enriquecendo essas narrativas milenares, o traço delicado de Janaina Tokitaka parece transpor o leitor contemporâneo ao estado de fluidez e serenidade almejado pelos antigos aquarelistas taoístas."

É muito interessante quando lemos fábulas e lendas de outros lugares do globo. Pode ser que, no início, não façam muito sentido, pois temos culturas diferentes, mas, ao mesmo tempo, é bacana de entender como os outros povos se desenvolveram, baseados nas estórias que foram passadas de geração em geração.

Com este livro, não foi diferente. As histórias trazem muito da perspectiva taoísta, com seus ensinamentos. Uma leitura leve e fluida, que te permite conhecer um pouco mais dos chineses. Contém histórias engraçadas, outras que nos fazem refletir.

Fica aí, nossa sugestão de leitura.

Deixe seu comentário se você já leu este livro ou outro que tenha te proporcionado conhecer outra cultura.

Por Ale Veras

Um comentário:

  1. Olá meninas, amei a frase de Lao Tsé, faz todo sentido.
    Tentar compreender uma cultura diferente da nossa é aprender a conviver com empatia.
    Abração!

    ResponderExcluir