A Princesa de Clévis #9/200


Olá, Caros Viajantes!

Iremos para a França, com Madame de La Fayette, que escreveu o primeiro romance histórico no país. 


 
Sinopse

"Admirável é o pioneirismo desta obra-prima de 1678 que ajudou a assentar as bases do romance como gênero literário, dotando-o de seriedade e vigor intelectual. Mais ainda: foi também a primeira das narrativas romanescas a colocar de lado as peripécias de heróis em um mundo de fantasias e mergulhar inteiramente na psicologia dos personagens e em seus dilemas íntimos, vividos a portas fechadas e em ambiente realístico... Trama aparentemente banal, que Madame de Lafayette, uma erudita aristocrata, transforma em dramática aventura pelas cavernas labirínticas dos sentimentos, expostos num estilo inédito em sua época: preciso, objetivo, conciso e verdadeiro."


A história se passa na corte de Henrique II, na França, num ambiente regado a traições, amores proibidos, mentiras, jogos de interesses, casamentos arranjados, desconfianças, status e arrogância moral.

"... o amor se misturava aos negócios e os negócios ao amor. Ninguém se sentia tranquilo ou indiferente. Pensava-se em se elevar, em agradar, em servir ou prejudicar."

Neste ambiente confuso, uma jovem é direcionada pela mãe para um "bom" casamento. Vários pretendentes, porém o escolhido foi o sem graça príncipe de Clèves. Assim Mademoiselle de Chartres se torna Madame de Clèves.

A princesa de Clèves achou que tudo estaria tranquilo, mas no coração quem pode mandar?

Um verdadeiro amor acontece, no meio de tramas e desconfianças, porém um amor proibido. E qual será o preço a pagar?

Uma jovem que faz de tudo para não seguir seu coração, usa tanto a razão que chega a quase enlouquecer. Ela é objeto de desejo de muitos, mas seu coração, seus pensamentos e olhares estão para o objeto proibido.

No fundo desejamos que ela largue tudo e siga o caminho da felicidade. Mas a maturidade numa moça tão jovem assusta, até mesmo a nós leitores. Todo o ambiente é propício para traição e mentiras.

Madame de Clèves toma uma atitude inesperada. E mesmo assim paga um preço alto.

Será possível renegar um amor tão avassalador? Será possível amar desta forma?

"O temor que ele falasse de sua paixão, a apreensão de lhe responder favoravelmente, a inquietação que a visita podia dar ao marido, o desgosto de ter que decidir se lhe contava ou ocultava o fato, todas essas coisas lhe acudiram à mente e provocaram tão grande confusão que ela tomou a resolução de evitar a coisa que talvez mais desejasse no mundo."

O final do livro nos deixa tão confusos e com o coração partido. Poderia ser diferente? Acredito que não!

Esta leitura faz parte do Projeto O Mundo em Livros!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

# 18 Presente Literário

Adalgisa Nery

# 19 Presente Literário