domingo, 15 de dezembro de 2019

Contos de Natal #3

Olá Caros Viajantes!

No século XVII, os freis franciscanos começaram a decorar as igrejas com as Poinsétias, as famosas bico-de-papagaio como são conhecidas aqui no Brasil, por serem parecidas com a Estrela de Belém.


A Lenda da Flor de Natal

                                                                                        autor desconhecido



Diz a lenda, que uma menina chamada Pepita, sendo pobre, não podia oferecer um presente merecedor ao menino Jesus, na missa de Natal.


Muito triste, contou o fato ao seu primo Pedro, que ia com ela a caminho da igreja. 

Este disse-lhe que ela não tinha que estar triste, pois o que mais importa quando oferecemos algo a alguém, é o amor com que oferecemos, especialmente aos olhos de Jesus.

Pepita lembrou-se então de ir recolhendo alguns ramos secos que ia encontrando pelo caminho, para Lhe oferecer.

Quando chegou à igreja, Pepita olha para os ramos que colheu e começa a chorar, pois acha esta oferenda muito pobre. 

Mesmo assim, decide oferecê-las com todo o seu amor.

Entra na igreja e, quando deposita os ramos em frente da imagem do menino Jesus, estes adquirem uma cor vermelha brilhante, perante o espanto de toda a congregação presente. 

Este fato foi considerado por todos o milagre daquele Natal.


Até breve!
Ale Veras e Nice Sestari


Um comentário:

  1. Que bonito, meninas, valor é tão relativo, não é mesmo?!
    AS flores são lindas!
    Abraço e bom domingo!

    ResponderExcluir